Sub-categorias

Notícia

Sindicato responsabiliza construtora e ACT na derrocada em prédio de Lisboa

"Empresas construtoras não tomaram as medidas de prevenção adequadas", é dito.
30.11.16
  • partilhe
  • 0
  • +
O Sindicato dos Trabalhadores da Construção acusou hoje a construtora e a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), atribuindo-lhes responsabilidades na derrocada que ocorreu segunda-feira em Lisboa e que causou dois mortos.

Num comunicado assinado pelo presidente, João Maria Ferreira, o Sindicato dos Trabalhadores da Construção, Madeiras, Mármores, Pedreiras, Cerâmica e Afins da Região a Norte do Rio Douro afirma que "as empresas construtoras não tomaram as medidas de prevenção adequadas, caso contrário tudo estaria devidamente escorado e a derrocada não sucederia".

Na sequência do acidente, o sindicado considera ainda que "não existia um Plano Coletivo de Segurança (...)" nem se cumpriram "as regras elementares de segurança estabelecidas na legislação portuguesa".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub