Sub-categorias

Notícia

Sinistralidade volta a números de 2015

Depois da descida verificada em 2016, este ano as mortes na estrada estão a aumentar.
Por João Mira Godinho|16.05.17
As mortes na estrada estão novamente a aumentar, no Algarve. Só no último fim de semana dois acidentes, em Lagoa e Olhão, foram fatais para dois motociclistas, elevando o número de óbitos, desde 1 de janeiro, para pelo menos 13.

As duas mortes do fim de semana - um homem de 29 anos, em Olhão, e uma mulher de 53, em Lagoa - juntam-se a outras 11 que a Autoridade Nacional para a Segurança Rodoviária (ANSR) tinha registado até 7 de maio - os últimos dados oficiais disponíveis. Em 2016, no mesmo período (de 1 de janeiro a 7 de maio), a ANSR registou sete mortes nas estradas algarvias. Em 2015, foram 11, o mesmo número que este ano.

Sinistralidade volta a números de 2015
As obras de requalificação na EN125 e a cobrança de portagens na Via do Infante (A22), que ‘empurra’ o trânsito para a estrada nacional, têm sido apontadas como razões para o aumento da sinistralidade na região. E a verdade é que o número de mortes no Algarve desceu, entre 2010 e 2013, tendo voltado a subir em 2014, quando a requalificação recomeçou, e também em 2015.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub