Sub-categorias

Notícia

Suspeito de criar site falso de banco condenado a sete anos e meio de prisão

Homem enviava 'e-mails' aos clientes da instituição.
Por Lusa|07.12.17
  • partilhe
  • 1
  • +
O Tribunal São João Novo, no Porto, condenou hoje um homem a sete anos e seis meses de prisão por criar um 'site' falso de um banco e enviar e-mails aos seus clientes para obter dados e movimentar as contas.

O coletivo de juízes condenou ainda um outro arguido, envolvido no processo, a quatro anos e seis meses de prisão por tráfico de droga, depois de lhe terem sido apreendidas em casa bolotas de haxixe com cerca de 800 gramas.

Já outros quatro arguidos no processo, entre os quais um homem e três mulheres, foram absolvidos por não se fazer prova do seu envolvimento no caso.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub