Sub-categorias

Notícia

Terror da América do Sul ataca na Grande Lisboa

‘El Ruso’ e cúmplices mataram filhos de ex-governantes. PJ apanhou-os por 5 roubos a bancos.
Por Henrique Machado|07.12.17
Vaga de assaltos a bancos em Lisboa
Especialistas em qualquer ação armada, começaram pelos roubos a supermercados, bancos e blindados, até que se estenderam a raptos, em 2000, recebendo resgates sem libertar as vítimas. Foi o caso de Cristian Schaerer, em 2003, e de Cecília Cubas, em 2005, respetivamente filhos de um ex-ministro argentino e de um antigo presidente do Paraguai. Terão sido executados pelo próprio Rodolfo ‘El Ruso’ Lohrmann – que 10 anos depois estava a assaltar bancos na Grande Lisboa.

Ao todo, cinco bancos, sempre à mão armada e ao lado de José ‘Potrillo’ Maidana – velho cúmplice de ‘El Ruso’ no crime organizado na América do Sul, o que colocava os dois argentinos entre os mais procurados de vários países, inclusive com ofertas de recompensa. Até que caíram, em novembro do ano passado, às mãos da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária. Estão agora acusados de vários crimes.

Eles e mais três cúmplices no nosso país – Manuel Garcia, 31 anos, da Guatemala; Christian Gomez, 35 anos, espanhol; e o português Jaime Fontes, de 33, procurado cá para cumprir uma pena por tráfico. Os quatro estrangeiros conheceram-se em meio prisional – todos estavam evadidos, sendo que ‘El Ruso’ fugiu da cadeia na Bulgária – e recorriam a identidades falsas.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub