Sub-categorias

Notícia

“Tinha medo que o bruxo lesse mentes”

"Não acredito em bruxas, mas respeito", diz testemunha do julgamento da Máfia de Braga.
Por A.I.F.|11.10.17
Gracinda Pimenta, que pertencia ao Partido Democrático Republicano do qual Pedro Bourbon era vice-presidente, disse ontem, no julgamento da Máfia de Braga, que tinha medo do bruxo da Areosa, que também fazia parte do partido.

"Tinha medo por ele ser bruxo, não acredito em bruxas, mas respeito. Pensava: será que ele me vai ler o pensamento, a mente?", disse Gracinda.

A testemunha confirmou ainda no Tribunal de São João Novo, no Porto, o álibi de Pedro Bourbon para o dia do rapto do empresário João Paulo Fernandes, ocorrido a 11 de março de 2016, em Braga.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub