Sub-categorias

Notícia

TOURADA EM TORRES VEDRAS

O cavaleiro tauromáquico Luís Rouxinol e manifestantes antitouradas envolveram-se em desacatos na tarde de domingo, aquando da realização de uma tourada, no recinto da Feira de S. Pedro, em Torres Vedras.
01.07.02
  • partilhe
  • 0
  • +
Dois manifestantes e dois polícias resultaram magoados e um dos populares teve de receber tratamento hospitalar.

“Logo quando chegámos à praça havia uma manifestação de cerca de 50 jovens que cuspiram para a carrinha em que vínhamos e nos insultaram”, disse ao Correio da Manhã o cavaleiro, acrescentando:

“Quando comecei o aquecimento do cavalo os manifestantes ofenderam-me e atiraram água e pedras, pelo que tive que arrancar com o cavalo e acabei por magoar algumas pessoas e gerou-se confusão, com a Polícia por meio”.

“Estávamos junto às grades na manifestação e um cavaleiro levou o cavalo para ao pé da manifestação, por detrás das pessoas”, contou, por seu lado, Guilherme Gonçalves, da organização do protesto antitouradas.

Depois, ainda segundo o mesmo relato, o cavaleiro terá investido com o cavalo contra os manifestantes, fazendo-o empinar-se e o animal feriu com os cascos um jovem no abdomén.

Entretanto, a PSP confirmou que também dois agentes que tentaram impedir o cavaleiro de investir contra os manifestantes foram pisados pelo animal.

Na confusão que se gerou, vários aficcionados das corridas de touros agrediram ainda os manifestantes, embora sem consequências de maior.

Entretanto, hoje, defronte à Assembleia da República, termina uma vigília antitouros de morte, que dura desde o passado sábado.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub