Sub-categorias

Notícia

Homens que obrigaram menor a prostituir-se condenados três anos e meio de prisão

O processo envolvia ainda mais três arguidos, entre os quais uma mulher, que foram absolvidos por falta de provas.
Por Lusa|12.07.18
  • partilhe
  • 1
  • +

O Tribunal São João Novo, no Porto, condenou esta quinta-feira dois homens a três anos e meio de prisão, uma das penas efetiva e a outra suspensa, por forçarem uma jovem de 16 anos, fugida de uma instituição, a prostituir-se.

A presidente do coletivo de juízes explicou a um dos arguidos que a pena é efetiva pelo facto de já ter uma condenação pelo crime de violência doméstica e ter ligações à prostituição, já o outro viu a pena ser-lhe suspensa por estar inserido social e profissionalmente e não ter antecedentes criminais.

O processo envolvia ainda mais três arguidos, entre os quais uma mulher, que foram absolvidos por falta de provas, tendo a magistrada sublinhado que se a vítima tivesse prestado declarações em tribunal talvez a decisão fosse diferente.

Falando num crime "gravíssimo", onde é explorada a vulnerabilidade da mulher, nomeadamente jovem, a presidente do coletivo lembrou que estes tipos de comportamentos são inaceitáveis e causam alarme social.

"As mulheres não são objetos, têm de ser respeitadas", frisou.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!