Sub-categorias

Notícia

Tribunal mantém preventiva para suspeitos de matar empresário de Braga

Lamentou atitude de advogado ter abandonado a sala no debate.
Por Aureliana Gomes|15.07.17
  • partilhe
  • 0
  • +
Vão manter-se em prisão preventiva os sete homens acusados de raptar, matar e dissolver em ácido o corpo de um empresário de Braga, em março de 2016. O caso, que ficou conhecido como Máfia de Braga, regressou à fase de instrução por decisão do Tribunal da Relação, após considerar nulos atos anteriormente praticados.

Juíza impede Bourbon de apresentar provas
Depois do debate instrutório, realizado na quinta-feira, a juíza Isabel Ramos, do Tribunal de Instrução Criminal do Porto, decidiu manter os arguidos em prisão preventiva.

O processo regressou à fase de instrução, depois de três dos suspeitos terem apresentado recurso por não terem sido notificados para estarem presentes na fase de instrução, aquando do depoimento de dois dos arguidos.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub