Sub-categorias

Notícia

Troika em cima de Universidade Independente

A troika pediu informações sobre os dívidas realizadas pelos responsáveis da entretanto extinta Universidade Independente, revelou esta manhã de terça-feira, no Tribunal de Monsanto, em Lisboa, uma testemunha do processo que está a ser julgado pelo colectivo de juízes do Tribunal da Relação de Lisboa, presidido pelo desembargador Ricardo Cardoso.
18.10.11
  • partilhe
  • 0
  • +
Troika em cima de Universidade Independente
Julgamento no Tribunal de Monsanto é presidido pelo desembargador Ricardo Cardoso Foto Tiago Sousa Dias

As dívidas que ascendem a mais de três milhões de euros, contraídas na Caixa de Crédito Agrícola de Sintra pelo ex-vice-reitor da Independente, Rui Verde e por Amadeu Lima de Carvalho, auto-intitulado accionista maioritário da SIDES (empresa detentora da Independente), estão já nas mãos dos representantes da troika em Portugal.

 

A informação foi dada no Tribunal de Monsanto pela funcionária da Caixa de Crédito Agrícola, Ana Maria Santos, que prestou declarações no tribunal na qualidade de Testemunha.

 

A dívida dos representantes da Independente junto do balcão de Sintra foi também confirmada por Ana Maria Martins, do departamento de fiscalização da Caixa Central de Crédito Agrícola.

 

A recolha de informações pelos representantes do organismo que define metas que levem a uma redução da dívida pública, insere-se no trabalho de avaliação das diferentes entidades bancárias em Portugal. A troika analisa, nomeadamente a concessão de créditos e sua gestão.

 

Nos últimos dias bancários do Banco Espírito Santo, Banco Comercial Português, Montepio Geral e Banif prestaram esclarecimentos sobre dívidas da SIDES no tribunal de Monsanto.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub