Sub-categorias

Notícia

"Vi a minha morte", conta sobrevivente de carro em chamas

Mulher diz que GNR desviou condutores para a ‘estrada da morte’.
Por Pedro Zagacho Gonçalves|18.06.17

A CMTV conseguiu falar com uma mulher que sobreviveu ao incêndio em Pedrógão Grande, escapando do carro em que seguia com o marido, depois deste se incendiar. A sobrevivente garantiu que a GNR desviou o veículo em que o casal seguia do IC8 e que os encaminhou para a Estrada Nacional 236-1, a ‘estrada da morte’, onde dezenas de carros foram consumidos pelo fogo com os ocupantes no interior.

"Disseram-nos que estava livre de perigo e não estava. Não se via nada, só fumo e lume. Batemos contra os raides e logo depois bateu-nos um carro por trás. O nosso carro começou logo a arder. O calor e as chamas eram enormes, era um inferno autêntico", relata a sobrevivente. Com efeito, nos momentos de pânico durante o devastador incêndio, e uma vez que a visibilidades estava drasticamente reduzida, foram registados acidentes entre condutores que tentavam fugir do horro das chamas.

"Depois apareceu uma senhora [ocupante de outro carro] que disse ‘Eu não saio daqui em morro aqui com vocês’. Pedi-lhe para nos levar e fomos de valeta em valeta até chegar à Castanheira, aos bombeiros", relata a sobrevivente, que foi depois encaminhada para o Hospital Universitário de Coimbra, onde foi tratada para várias queimaduras. Teve alta esta tarde.

"Foram muito carros e muita gente morta. Era um cenário de horror, vimos a nossa morte. Só pedia que Deus e Nossa Senhora nos ajudassem e nos livrassem da morte", conta emocionada a mulher.

Mais de 30 corpos foram encontrados completamente carbonizados dentro de carros na EN 236-1, que liga ao IC8, onde a circulação foi cortada. Ainda, foram encontrados mais 17 corpos na estrada, fora das viaturas." Ouvia as pessoas a gritar dentro dos carros. Mas só conseguimos fugir nós os três", conta ao CM e à CMTV a sobrevivente.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De ajfrm18.06.17
    Policia Judiciaria !!! Ao fim de , apenas, 10 horas das primeiras ocorrencias,e pressupoem-se exaustivas inquiriçoes; a nossa sobeja PJ vem oficialmente comunicar a origem do incendio de Pedrogao : um raio de uma trovoada seca !!! Fantastico !! Veja-se que sao os mesmos que nao conseguiram descobrir
1 Comentário
  • De ajfrm18.06.17
    Policia Judiciaria !!! Ao fim de , apenas, 10 horas das primeiras ocorrencias,e pressupoem-se exaustivas inquiriçoes; a nossa sobeja PJ vem oficialmente comunicar a origem do incendio de Pedrogao : um raio de uma trovoada seca !!! Fantastico !! Veja-se que sao os mesmos que nao conseguiram descobrir
    Responder
     
     0
    !

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub