Sub-categorias

Notícia

Escolas sem luz levam Câmara de Cascais a cortar contrato de seis milhões com a Iberdrola

Empresa cortou energia por falta de pagamento. Câmara diz que não recebeu faturas.
Por Bernardo Esteves e José Carlos Marques|21.04.17
  • partilhe
  • 0
  • +
Escolas sem luz levam Câmara de Cascais a cortar contrato de seis milhões com a Iberdrola
A Escola Secundária de Cascais Foto Tiago Sousa Dias
As escolas Básica e Secundária do Agrupamento de Cascais voltaram, na manhã desta sexta-feira, a abrir portas sem ter energia elétrica. A situação dura desde quinta-feira, quando o fornecedor de energia, a empresa Iberdrola ordenou o corte de fornecimento, alegando falta de pagamento.

Facto que é contestado pela Câmara, que diz que a empresa mandou as faturas para uma morada de Braga. A autarquia exigiu a imediata reposição da energia e um pedido de desculpas à empresa espanhola, mas os alunos continuam sem energia.

Fonte oficial da Câmara avança ao CM que a autarquia resolveu denunciar todos os contratos que tem em vigor com a Iberdrola, no valor de seis milhões de euros.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub