Cientistas contestam reunião de "negacionistas" das alterações climáticas na Universidade do Porto

Os signatários contestam o facto de a Academia "promover uma conferência que vem favorecer a desinformação".
06.09.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Mais de 30 cientistas de várias instituições do país subscrevem uma carta aberta ao reitor da Universidade do Porto em protesto contra a realização de uma conferência de "negacionistas" das alterações climáticas marcada para sexta-feira e sábado.

Os signatários contestam o facto de a Academia, presidida pelo reitor António Sousa Pereira, "promover uma conferência que vem favorecer a desinformação, credibilizando ideias políticas que visam travar as ações para se conseguir obter a estabilização climática do planeta durante este século", lê-se na carta, a que a Lusa teve hoje acesso.

No documento, intitulado "Universidade do Porto deve escrutinar os eventos que organiza e promover o conhecimento baseado em Ciência", os cientistas acrescentam que, "estas ideias cientificamente infundadas - a que se dá o nome de negacionismo -, em vez de esclarecerem e sensibilizarem para as alterações climáticas não pretendem mais do que criar dúvidas sem qualquer fundamento ou método científico".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!