Câmara do Porto enviou auditoria ao Fundo do Aleixo

O objetivo é obter o "contraditório" dos investidores.
07.10.14
  • partilhe
  • 0
  • +
Câmara do Porto enviou auditoria ao Fundo do Aleixo
Moreira esclareceu que os investidores têm agora o prazo de 10 dias para se pronunciarem Foto João Pintassilgo

O presidente da Câmara do Porto revelou esta terça-feira que enviou na segunda-feira ao Fundo Imobiliário do bairro do Aleixo, que envolve empresas do Grupo Espírito Santo, o relatório preliminar da auditoria interna com vista a obter o "contraditório" dos investidores.

"Foi ontem [segunda-feira] para contraditório o relatório preliminar da auditoria", revelou o autarca Rui Moreira, na reunião pública do executivo, em resposta à pergunta do vereador da CDU sobre os resultados de uma reunião de setembro entre a Câmara e os responsáveis do fundo para conhecer a "situação atual" do mesmo.

Moreira esclareceu que os investidores têm agora o prazo de 10 dias para se pronunciarem sobre a auditoria interna pedida pela autarquia em abril, após o que a versão dos responsáveis do fundo vai ser incluída "no relatório da auditoria" e apresentada ao executivo.

"As coisas estão a avançar. Não com a celeridade que gostaríamos. Devido aos prazos, admito que não seja possível [o relatório final] vir já à próxima reunião de Câmara", afirmou Rui Moreira.

O autarca revelou a 9 de setembro que a Câmara ia conhecer a "situação atual" do fundo imobiliário do Aleixo durante uma reunião "muito importante" com os seus responsáveis, mas as conclusões e o conteúdo do encontro nunca foram transmitidos publicamente.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!