Sub-categorias

Notícia

Água já não deverá chegar à região de Viseu de comboio como previsto

O custo é mais elevado por comboio do que por rodovia.
10.11.17
  • partilhe
  • 1
  • +
O presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, admitiu esta sexta-feira que não se deverá concretizar a possibilidade de, a partir da próxima semana, começar a chegar água de comboio para abastecer a região.

"As Águas de Portugal já quantificaram. O custo é mais elevado por comboio do que por rodovia. E estamos a falar de uma gota de água, 500 metros cúbicos, que cada comboio traria", afirmou Almeida Henriques aos jornalistas, durante uma visita feita à Barragem de Fagilde, acompanhado pelo Presidente da República e pelo presidente da Câmara de Mangualde.

Há dez dias que, para ajudar a enfrentar a seca que tem atingido a Barragem de Fagilde, a região tem sido abastecida por camiões cisterna que transportam água.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub