Sub-categorias

Notícia

Ambientalistas e Celtejo apelam à divulgação de análises da poluição do Tejo

Ministério Público colocou resultados em segredo de justiça.
Por Cláudia Machado|11.02.18
As associações ambientalistas Quercus e Zero defendem que, por questões de saúde pública, os resultados do inquérito à poluição no Tejo - que o Ministério Público colocou em segredo de justiça - deveriam ser tornados públicos.

A mesma posição foi defendida ontem pela Celtejo, fábrica de pasta de papel localizada em Vila Velha de Ródão. As associações defendem, no entanto, a necessidade de respeitar a decisão do Ministério Público.

"Lamentamos que esteja em segredo de justiça, mas se é uma ordem judicial temos de aceitar. Achamos que devia ser divulgado", afirmou João Branco, da Quercus.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub