Sub-categorias

Notícia

Antigo autarca de Benavente acusado por aceitar borregos e outras formas de corrupção

MP acusa António José Ganhão e mais quatro pessoas por crimes relacionados com licenciamentos urbanísticos.
13.07.17
Antigo autarca de Benavente acusado por aceitar borregos e outras formas de corrupção
Foto Vítor Mota
O Ministério Público (MP) acusou cinco arguidos, incluindo o anterior presidente da câmara de Benavente, António José Ganhão, de corrupção e prevaricação de titular de cargo político, crimes alegadamente cometidos no âmbito de processos de licenciamento de empreendimentos. A acusação pormenoriza os pagamentos e ofertas ao ponto de referir a oferta de borregos a vários responsáveis da Câmara de Benavente, incluindo o então presidente do município ribatejano.

Além de António José Ganhão, militante do PCP e presidente do município entre 1979 e outubro de 2013, estão ainda acusados Miguel Cardia, vereador no executivo entre 2005 e outubro de 2013, Daniel Ferreira, presidente da junta de freguesia local de Santo Estêvão de 2005 a 2009, eleito pelo PS, Vasco Feijão, engenheiro civil na Divisão Municipal de Obras Particulares, Planeamento Urbanístico e Desenvolvimento, e Tiago Gallego, empresário do ramo imobiliário.

A acusação do MP, a que a agência Lusa teve acesso esta quinta-feira, indica que Daniel Ferreira começou a colaborar com o empresário e a tratar de assuntos relacionados com processos de licenciamento de imóveis e empreendimentos em Santo Estêvão, sendo também quem "representava os interesses do arguido Tiago Gallego" perante a Câmara Municipal de Benavente (CMB), distrito de Santarém.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De  Anónimo 14.07.17
    Nunca me enganaram!!! analisem bem as contas e património que poderá estar em nome de filhos por exemplo. Não só em Portugal!!!!! São excelentes pessoas mas nunca me comeram por tolo.
1 Comentário
  • De  Anónimo 14.07.17
    Nunca me enganaram!!! analisem bem as contas e património que poderá estar em nome de filhos por exemplo. Não só em Portugal!!!!! São excelentes pessoas mas nunca me comeram por tolo.
    Responder
     
     0
    !

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub