Sub-categorias

Notícia

CITRI tem lixo perigoso às portas de Setúbal

Análises da inspeção-geral e da unidade confirmam risco.
Por André Pereira|01.12.16
  • partilhe
  • 0
  • +
CITRI tem lixo perigoso às portas de Setúbal
O CITRI não está licenciado para o tratamento dos resíduos detetados Foto Rui Minderico
O lixo italiano importado pelo CITRI - Centro Integrado de Tratamento de Resíduos Industriais, instalado na zona da Mitrena, às portas de Setúbal, é perigoso. Segundo a Inspeção-Geral do Ambiente, foram detetadas irregularidades nos resultados das análises às amostras recolhidas pelos inspetores aos resíduos em quarentena no início de novembro.

Sabe o CM que o próprio CITRI confirmou esta quarta-feira à Agência Portuguesa do Ambiente que as análises pedidas pela unidade, a uma entidade externa, demonstram inconformidades no parâmetro COD – Carbono Orgânico Dissolvido.

Este é, segundo a inspeção-geral, um elemento que impede a deposição do lixo em aterro de resíduos não perigosos. Confrontada pelo CM, fonte do Ministério do Ambiente deu conta de dois cenários possíveis: devolução dos resíduos ao destino de origem ou transferência para um centro de tratamento licenciado para este tipo de resíduos.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub