Controlo da legionella com malha apertada

Marcelo Rebelo de Sousa visitou um a um os doentes internados no hospital.
Por João Saramago|03.02.18
Controlo da legionella com malha apertada
O Governo vai "apertar a malha" no controlo da bactéria da legionella nos hospitais. A garantia foi dada na sexta-feira no hospital CUF Descobertas pelo ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, no final da visita aos doentes vítimas da bactéria feita pelo governante e pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

No final da visita, na qual o Chefe de Estado falou com todos os doentes, Marcelo Rebelo de Sousa congratulou-se com a "evolução favorável" dos pacientes. No mais recente balanço do surto na CUF Descobertas, há 15 casos diagnosticados, dos quais três doentes estão nos cuidados intensivos. A unidade hospitalar em questão acrescentou que sete doentes permanecem internados e que esta sexta-feira três tiveram alta.

O ministro da Saúde avançou, por sua vez, que será aplicado, dentro de um mês, o plano que servirá para "apertar a malha" em ações de vistoria que visam garantir que as instituições de saúde estão a aplicar os mecanismos próprios de controlo de um eventual surto. Adalberto Campos Fernandes adiantou que, apesar de ser privada, a CUF Descobertas também manifestou vontade de aderir ao programa. Também no Parlamento é discutida na especialidade a legislação que retomará "os mecanismos de prevenção suprimidos em 2014", explicou o ministro.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!