Sub-categorias

Notícia

Diretores das escolas querem que DGS emita comunicado sobre sarampo

Já foram confirmados 21 casos de sarampo em Portugal e a doença já provocou a morte a uma jovem de 17 anos.
19.04.17
  • partilhe
  • 1
  • +
Os diretores das escolas públicas querem que a Direção-Geral da Saúde emita para os estabelecimentos de ensino uma circular para tranquilizar os ânimos relativamente às vacinas dos alunos, sobretudo por causa do sarampo.

"A Direção-geral da Saúde devia emitir um comunicado para pais e escolas a abordar o assunto de forma clara, embora nós [escolas] saibamos o que fazer. Mas os pais também devem estar mais esclarecidos em relação à matrícula dos seus filhos", disse à agência Lusa Filinto Lima, da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e escolas Públicas.

Filinto Lima, que falava à Lusa dois dias depois de ter começado o período normal de matrículas para o pré-escolar e 1.º ciclo, disse ainda que na altura das matrículas as escolas verificam o boletim de vacinas e alertam os pais, mas nunca podem recusar a inscrição a um aluno.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De rsantosxx19.04.17
    É triste. Pais e Estado são os responsáveis por esta morte que podia ter sido evitada. A vacina devia ser obrigatória. E os pais que não cumprirem devem ser punidos. No perigo de morte não se devem opor os Direitos, Liberdades e Garantias. Que país tão complicado para decidir.
1 Comentário
  • De rsantosxx19.04.17
    É triste. Pais e Estado são os responsáveis por esta morte que podia ter sido evitada. A vacina devia ser obrigatória. E os pais que não cumprirem devem ser punidos. No perigo de morte não se devem opor os Direitos, Liberdades e Garantias. Que país tão complicado para decidir.
    Responder
     
     0
    !

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub