Sub-categorias

Notícia

Empresas têm que dar horários fléxiveis a pais com filhos menores

Total de 387 pareceres da Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego são favoráveis ao trabalhador.
29.11.16
  • partilhe
  • 2
  • +
Empresas têm que dar horários fléxiveis a pais com filhos menores
Foto Getty Images

A Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego (CITE) estipula que "o empregador deve proporcionar à trabalhadora condições de trabalho que favoreçam a conciliação da atividade profissional com a vida familiar e pessoal e, na elaboração dos horários de trabalho, deve facilitar à trabalhadora essa mesma conciliação", num dos 387 pareceres emitidos até 9 de novembro, no que respeita à intenção de recusa de horário flexível por parte da entidade empregadora. Este número diz respeito aos pareceres que são favoráveis ao trabalhador, escreve a imprensa portuguesa.

Do total de 540 pareceres, 80% dizem respeito à atribuição de horários flexíveis a trabalhadores com filhos menores de 12 anos, 86,11% são desfavoráveis aos empregadores e cerca de 62% provêm do setor público. Isto significa que, cada vez mais, as empresas são forçadas a dar horários flexíveis a mães com filhos menores de 12 anos.

Os números de pedidos de parecer àquela instituição aumentam de ano para ano e começam também a destacar-se os pedidos feitos por trabalhadores do sexo masculino que pedem horários flexíveis, que já representam 11,85 do total (46 pedidos, dos quais mais de metade foram favoráveis à empresa).



pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub