Sub-categorias

Notícia

Estudantes lançam movimento pelo fim das propinas

Associações Académicas propõem que 300 milhões de euros pagos pelas famílias passem a ser financiados pelas empresas.
Por Bernardo Esteves|17.05.17
Trinta associações e federações académicas que representam mais de 110 mil estudantes de norte a sul do país juntaram-se para criar o movimento ‘Rumo à Propina Zero’. O objetivo é abrir o debate sobre o fim das propinas e adoção de um novo modelo de financiamento do ensino superior. O movimento lançou uma petição, que já tem mais duas mil assinaturas, para levar a Assembleia da República a discutir o assunto.

"O objectivo é ter um ensino superior gratuito como diz a Constituição. A propina é uma barreira, um fator de exclusão social. Isto é um início de um percurso para acabar com a propina a longo prazo", disse Alexandre Amado, presidente da Associação Académica de Coimbra.

Desde a sua introdução em 1992, a propina subiu de 6 para 1063 euros, que é atualmente o valor de propina máxima.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

Sociedade

O Joker vai acabar

O Joker vai acabar

Santa Casa anuncia mudanças no Totobola e no pagamento de prémios.

pub