Ponto G é conceito do passado

Investigadores mostram que ideia de um único ponto de prazer está ultrapassada.
Por D.P.|27.08.14
  • partilhe
  • 0
  • +
Ponto G é conceito do passado
Investigadores italianos revelam que mulheres têm zona de prazer mais abrangente Foto Getty Images

Um estudo recente defende que o ponto G, considerado por especialistas a principal zona erógena feminina, não existe. A pesquisa, feita por investigadores italianos e publicada na revista 'Nature Reviews Urology', indica, contudo, que existe uma área mais abrangente que potencia o prazer sexual das mulheres.

Emmanuele Jannini, o médico responsável pela investigação agora publicada, criou, a partir daquele estudo, o conceito de "complexo clitouretrovaginal", que define precisamente uma área mais abrangente, que inclui o clitóris, a vagina e a uretra.

O também clínico Charles Runels corrobora a ideia de que o ponto G (ou ponto de Gräfenberg) é um conceito do passado. Runels fala agora de um "ponto O", que consiste numa área perto do clitóris e à entrada da vagina.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!