Sub-categorias

Notícia

Família acusa hospital de abandonar doente

Maria de Lurdes Neves, de 77 anos, foi uma das vítimas do surto de legionella em novembro de 2017.
Por Tiago Griff|12.02.18
A família de uma utente do Hospital São Francisco Xavier, em Lisboa, que foi afetada pelo surto de legionella que ocorreu na unidade em novembro do ano passado critica o hospital pela "falta de acompanhamento" da idosa, de 77 anos, a partir do momento em que teve alta médica.

Maria de Lurdes Neves viu a sua saúde ficar cada vez mais debilitada e já está a receber novamente tratamento, agora no Hospital de Faro. "Já não urina e teve de fazer pela primeira vez hemodiálise. Também está muito debilitada a nível muscular, situação que se tem vindo a agravar desde que teve alta médica do Hospital São Francisco Xavier", conta ao CM Sílvia Neves, filha de Maria de Lurdes.

A idosa foi uma das dezenas de doentes que foram infetados pela bactéria da legionella. O surto acabou por provocar a morte a seis utentes da unidade.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub