Farmacêutica portuguesa comercializa medicamento para doença de Parkinson

BIAL, empresa portuguesa, vai começar a fabricar na China o Ongentys.
Por Lusa|09.01.18

A farmacêutica BIAL vai começar a comercializar na China o Ongentys, um medicamento para a doença de Parkinson, que vai chegar ao mercado chinês após um acordo de licenciamento exclusivo com a chinesa Wanbang, anunciou esta terça-feira fonte da BIAL.

"A BIAL e a Wanbang Biopharmaceutical (...) assinaram um acordo de licenciamento exclusivo para a importação, embalagem e comercialização de Ongentys (opicapona) na China, excluindo Hong Kong, Macau e Taiwan", lê-se em nota enviada à Lusa.

A BIAL, empresa portuguesa sediada na Trofa (distrito do Porto), "está empenhada em dar resposta às necessidades dos doentes e profissionais de saúde em todo o mundo e o acordo de licenciamento é um "marco na estratégia de expansão" da empresa, porque assinala a entrada dos seus produtos num mercado "importante como a China", explicou António Portela, diretor-executivo da BIAL, dizendo estar "satisfeito" por ir trabalhar com a Wanbang" e por ir disponibilizar o "novo tratamento às pessoas com Parkinson na China".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!