Sub-categorias

Notícia

Finanças dizem aos politécnicos que não vão receber reforço orçamental acordado

Dívidas dos institutos, entre os seis e sete milhões de euros, estava a "paralisar as instituições", refere Nuno Mangas.
06.12.17
  • partilhe
  • 0
  • +
Finanças dizem aos politécnicos que não vão receber reforço orçamental acordado
Nuno Mangas, presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos Foto Vítor Mota 
O Ministério das Finanças disse na terça-feira aos politécnicos que não vai haver transferência de verbas relativas ao reforço orçamental que era devido às instituições, tendo estas decidido, por isso, reunir-se de emergência na quinta-feira.

"Ontem [terça-feira], ao final do dia, as Instituições Politécnicas foram confrontadas com um despacho do secretário de Estado do Orçamento, que não prevê a atribuição do reforço orçamental decorrente das medidas aprovadas pelo Governo para uma parte significativa das instituições politécnicas", lê-se num comunicado esta quarta-feira divulgado pelo Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP).

Nestes casos, "o referido despacho indica que as instituições devem garantir os compromissos salariais recorrendo aos saldos de gerência, com dispensa do cumprimento da regra do equilíbrio orçamental", acrescenta.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub