Sub-categorias

Notícia

Foco de legionella ficou no Hospital São Francisco Xavier

Nenhum dos vizinhos do hospital com registo.
Por Edgar Nascimento|14.01.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Nenhum dos sete equipamentos nas redondezas do Hospital São Francisco Xavier, em Lisboa, analisados quanto à presença da legionella, registou a bactéria que causou um surto em novembro do ano passado, segundo o presidente do Instituto Nacional Ricardo Jorge (INSA), Fernando Almeida. Esta é uma das conclusões que constam do relatório definitivo sobre o surto que causou seis mortos e dezenas de infetados, o qual foi recentemente entregue ao Ministério Público.

Sem querer revelar o seu conteúdo, para o qual o INSA teve "um papel fundamental", Fernando Almeida disse apenas que as conclusões sobre a origem do foco não diferem das que constam no relatório preliminar.

Nesse documento, é possível apurar que as bactérias nas secreções dos doentes são da mesma estirpe das encontradas na água de pelo menos uma das torres de arrefecimento do hospital. Em relação aos sete equipamentos nas redondezas do hospital, potencialmente produtores de aerossóis e que foram analisados relativamente à presença de legionella, Fernando Almeida revelou, em entrevista à Lusa, que esta não foi encontrada.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!