Fundação 'O Século' dirigida pela maçonaria

Presidente e membros da administração são maçons.
Por João Saramago|12.01.18
A Fundação O Século, cuja administração está a ser alvo de investigação por parte da Justiça por suspeita de uso de dinheiros públicos para fins particulares, conta com cinco membros efetivos do conselho de administração que pertencem à maçonaria.

Alguns destes dirigentes aderiram à irmandade por sugestão do próprio presidente do conselho de administração, Emanuel Martins, que faz parte da loja Luís Verney, da Grande Loja Legal de Portugal.

São também maçons - segundo divulgou a revista ‘Visão’ - o vice-presidente do conselho de administração, João Ferreirinho, os membros não executivos do conselho de administração Armindo Azevedo e António Dias Pacheco, bem como o diretor comercial, Ricardo Lino Rodrigues, e o responsável pela empresa de seguros ligada à fundação, António Vilela.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!