Incêndio que devastou o Chiado foi há 29 anos

Chamas destruíram a baixa da cidade, deixando marcas na história dos portugueses.
Por Daniela Vilar Santos|25.08.17
Faz esta sexta-feira 29 anos que um incêndio de origem duvidosa deflagrou no Chiado, em Lisboa. A 25 de agosto de 1988 as chamas destruíram por completo os armazéns Grandella e Chiado, na baixa da cidade. O fogo que deflagrou por volta das 5 horas da manhã, destruiu 18 edifícios e uma área que equivale a quase oito estádios de futebol.

Um bombeiro e um morador de 70 anos foram encontrados mortos, nos escombros. Outras 50 pessoas ficaram feridas e cinco famílias ficaram desalojadas.

Os bombeiros encontraram nas estruturas de madeira das paredes dos prédios pombalinos a grande dificuldade no combate. E numa rapidez violenta, as chamas já eram visíveis nas ruas do Carmo, Nova do Almada, Cruxifico, Garret, Calçada do Sacramento e Ouro.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De ferdi26.08.17
    e com tanto transito nesta cidade ainda vai haver outra , ruas que male passa um carro , porque o portuga é muito inconciente , para os carros de qualquer forma , nunca vao aprender com a historia
1 Comentário
  • De ferdi26.08.17
    e com tanto transito nesta cidade ainda vai haver outra , ruas que male passa um carro , porque o portuga é muito inconciente , para os carros de qualquer forma , nunca vao aprender com a historia
    Responder
     
     0
    !