Sub-categorias

Notícia

Maior parte dos portugueses ainda não deixa restos de remédios nas farmácias

Lixo pode chegar a aterros ou a águas residuais.
19.05.17
  • partilhe
  • 0
  • +
Somente 12 em cada cem portugueses deixa as embalagens vazias e restos de medicamentos no local adequado, nas farmácias, revelou esta sexta-feira a associação ambientalista Zero, alertando que muito deste lixo pode chegar a aterros ou às águas residuais.

"A generalidade dos portugueses continua a não encaminhar corretamente os resíduos das embalagens e restos de medicamentos adquiridos", refere um comunicado dos ambientalistas, realçando temer que "grande parte dos resíduos que não são entregues nas farmácias acabe em aterros ou, mais grave, nas redes de drenagem das águas residuais".

No entanto, a Associação Sistema Terrestre Sustentável, Zero, não deixa de realçar que Portugal é um dos poucos países da União Europeia com uma entidade gestora responsável pelo tratamento deste tipo de resíduos.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub