Sub-categorias

Notícia

Mais dez dias sem chuva agravam seca extrema

Até dia 20 não há a previsão de precipitação. Situação que levanta maiores preocupações no abastecimento a Viseu.
A seca extrema que atinge o País vai agravar-se nos próximos dez dias. Isto porque, de acordo com a previsão mensal do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a chuva virá só depois do dia 20. Na semana que termina a 26, a indicação é de precipitação acima dos valores habituais para a época do ano.
Mais dez dias sem chuva agravam seca extrema

É na região de Viseu que a falta de chuva assume maior gravidade, perante a necessidade de abastecer cerca de 130 mil habitantes. Num último recurso, a cidade vai recorrer ao abastecimento por comboio a partir do Entroncamento. No Algarve, os efeitos nefastos da seca são também bem visíveis.

No concelho de Alcoutim e no Ameixial, no concelho de Loulé, vários produtores de gado temem que a pouca água existente nas charcas da ribeira do Vascão, onde levavam os animais a beber, possa estar contaminada e ligada à morte de vários animais.

"A ribeira está poluída e, agora que há menos água, nota-se mais que está suja e estragada, e faz mal aos animais que a bebem", disse ao CM Nuno Luís, criador de gado caprino da zona de Martim Longo, em Alcoutim. Celso Teixeira, criador com mais de uma centena de ovelhas, já viu morrer perto de 20 cabeças de gado sem causa aparente.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub