Ministro da Saúde defende uso da canábis

Governante não concorda com a forma fumada da substância.
Por Francisca Genésio|13.01.18
O ministro da Saúde revelou esta sexta-feira ser a favor da utilização da canábis para fins terapêuticos. No entanto, Adalberto Campos Fernandes não concorda com a forma fumada da substância.

Uma posição também defendida pela Ordem dos Médicos. "Concordo em termos que seja regulada pela Autoridade Nacional do Medicamento com enquadramento científico rigoroso e com sistemas de farmacovigilância muito potentes", explicou o ministro da Saúde, durante uma entrevista à Antena 1.

Ainda assim, uma associação defensora da legalização da canábis - Cannativa - considera que só o autocultivo da planta para fins medicinais, ainda que sujeito a receita médica e licença, consegue garantir o pleno acesso dos doentes às várias estirpes da canábis.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!