Sub-categorias

Notícia

Mulher de Munir expulsa de mesquita

Abdul Vakil afirma só querer resolver diferendo entre o casal.
Por Miguel Curado|12.08.15
  • partilhe
  • 5
  • +
Mulher de Munir expulsa de mesquita
David Munir é acusado pela mulher de agressão Foto Pedro Catarino
A mulher do sheik David Munir, líder da Mesquita Islâmica Central de Lisboa, terá sido contactada telefonicamente na segunda-feira por Abdul Vakil, líder dos muçulmanos portugueses, para que apresse a sua saída do local sagrado da capital onde está a viver, disseram ao CM fontes próximas da mulher. Nazira Barakzay, que acusa o marido de a ter agredido à cotovelada, recusa, no entanto, sair da mesquita.

Foi o próprio Abdul Vakil quem confirmou ao CM ter contactado Nazira Barakzay. No entanto, Vakil recusa tê-lo feito para forçar a mulher do sheik David Munir a sair da mesquita. "Tal como já falei com ele, tentei fazer-lhe ver a ela que o que interessa neste momento é resolver esta situação", frisou.

Tal como o CM já noticiou, o acordo de divórcio entre Nazira e o sheik David Munir definiu que a refugiada afegã, de 29 anos, fosse viver com a filha para um apartamento em Odivelas. No entanto, segundo fontes próximas de Nazira disseram ao CM, esta quer aguardar que o líder da mesquita de Odivelas, que celebrou o casamento religioso entre ambos, regresse a Portugal. A imigrante afegã quer a intervenção do autor da união.

pub

pub

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub