Os animais também sofrem com o calor. Saiba como protegê-los

Cães, gatos e outros animais domésticos devem ser alvo de medidas especiais.
02.08.18
Os animais também sofrem com o calor. Saiba como protegê-los
Foto Getty Images

Com os termómetros a subir acima dos 40 graus na maior parte do País, os próximos dias serão difíceis para as populações, sobretudo as do Interior. 

Mas não são só os humanos que sofrem com a vaga de calor que se prevê que fique pelo menos até segunda-feira.

Os animais domésticos também passam mal com o calor e os seus donos devem tomar medidas para evitar que aqueçam demasiado.

Os conselhos a dar partem do bom senso e do senso comum, mas nunca é de mais lembrar alguns cuidados elementares

- Reforce a água que disponibiliza ao seu animal. Certifique-se de que esta não está demasiado quente para ser consumida e crie vários pontos com bebedouros. Se necessário, deixe gelo nos bebedouros;

- Mude abrigos como casotas e outros equipamentos para zonas de sombra ou sujeitas a menos horas de exposição solar. Escolha locais bem ventilados;

- Dê aos seus animais refeições mais leves e com uma frequência maior. Evite que estes comam demasiado;

- A PSP dá uma dica sobre a temperatura do alcatrão. Ponha a costas da mão no asfalto por sete segundos. Se estiver muito quente para si, também está muito quente para as patas dos seus animais; 

- Esteja atento aos sinais dos seus animais. Cães e gatos não transpiram, mas respiram de um modo mais ofegante se estiverem a passar calor. Caso note grandes anomalias, procure rapidamente um veterinário;

- Mude a hora dos passeios com o cão para momentos do dia em que não haja tanto calor. Se vai sair com ele a horas de sol, existem no mercado protetores solares que se aplicam no pelo e reforçam as defesas dos animais, sejam cãe, gatos ou outros;

- No caso de peixes, tartarugas ou outros animais aquáticos, tenha em atenção a qualidade da água. O calor potencia o aparecimento de bactérias e fungos, pelo que deve aumentar a frequência com que muda a água e lava os espaços onde estes vivem;

- Lembre-se que a temperatura dentro de um carro deixado fechado ao sol pode ultrapassar os 50 graus. Deixar um animal nestas condições pode significar a sua morte.

- Se o seu animal gosta de piscina, mangueira, ou banhos de água fria, deixe-o refrescar-se o mais que puder;

- No caso das aves, o calor potencia o stress dos animais, pelo que, nestes dias mais quentes, deve colocar a gaiola em sítios onde não haja muita gente a passar, que possam deixar os bichos mais nervosos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!