Sub-categorias

Notícia

PCP diz que pensões baixas têm aumento extra

Governo só adianta que as negociações ainda não estão fechadas.
Por Diana Ramos|10.10.17

O líder parlamentar do PCP revelou que as pensões mais baixas vão ter um aumento extraordinário que lhes permita crescerem, no mínimo, até dez euros em 2018. Fonte do Ministério do Trabalho e Segurança Social não adianta mais sobre a modelação da medida e afirma apenas que "o Governo ainda não fechou o exercício orçamental nem a política de pensões". 

Em entrevista ao Jornal de Negócios, o deputado comunista João Oliveira garante que "o Governo já admitiu o aumento mínimo de dez euros para todos os pensionistas", explicando que está ainda por fechar "os termos em que isso pode ser feito, se é logo em janeiro ou não e se é por pensionista ou pensão". 

Na prática, segundo os comunistas o Governo vai fazer a actualização automática de todas as pensões. No caso dos reformados que recebem até 842,6 euros (2 Indexantes dos Apoios Sociais), se a aplicação da fórmula resultar num valor abaixo de dez euros, o pensionista vai ver esse valor crescer até ao patamar traçado pelo PCP. A lei determina que as pensões até 842,6 euros são actualizadas à taxa de inflação do final do ano, acrescidas de 0,5 pontos percentuais. Ora, estima-se que a inflação feche 2017 nos 1,2%, pelo que a aplicação da lei deverá permitir actualizações de 1,7% nas pensões. Ou seja, na prática serão os pensionistas que recebem menos de 590 euros mensais quem será beneficiado por este acréscimo na pensão até aos dez euros.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub