Sub-categorias

Notícia

Portugal perde 264 mil pessoas em sete anos

Em 2006 nasceram 105 mil. No último ano foram 87 mil.
Por João Saramago|17.06.17
Portugal voltou a perder habitantes em 2016. É o sétimo ano consecutivo em que a população decresce, num total de menos 264 mil residentes. Uma redução que em termos comparativos corresponde quase à população do arquipélago da Madeira.

A perda de população resulta de o número de óbitos ser superior ao de nascimentos. No último ano morreram 110 mil e nasceram 87 mil pessoas. Ao mesmo tempo é superior o número de pessoas que deixam o País face ao total de imigrantes. Saíram por um período superior a um ano 38 mil pessoas, a que se juntaram 58 878 emigrantes temporários. Em igual período houve 29 mil que decidiram viver no nosso país, revela o Instituto Nacional de Estatística.

Veja a evolução demográfica em Portugal
De acordo com esta tendência, a União Europeia estima que Portugal tenha em 2027 menos de dez milhões de habitantes (em concreto 9 975 093). Para 2081, a população estimada é de 7,5 milhões, revela o organismo europeu Eurostat.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De  Anónimo 17.06.17
    E a mim, que tenho dois filhos, este governo vem-me aumentar os impostos (IRS). <br/>Ou seja, no lugar de ajudar quem tem filhos, futuros contribuintes e pagantes de segurança social, desajuda. <br/>Este governo é cúmplice nesta trajetória calamitosa em termos económicos.
1 Comentário
  • De  Anónimo 17.06.17
    E a mim, que tenho dois filhos, este governo vem-me aumentar os impostos (IRS).
    Ou seja, no lugar de ajudar quem tem filhos, futuros contribuintes e pagantes de segurança social, desajuda.
    Este governo é cúmplice nesta trajetória calamitosa em termos económicos.
    Responder
     
     0
    !

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub