Sub-categorias

Notícia

Portugueses tomam mais antidepressivos

Centro e Alentejo são as regiões onde há maior número de utentes com perturbações mentais.
Por Francisca Genésio|11.10.17
O consumo de medicamentos antidepressivos em Portugal aumentou em 2016. Só no ano passado foram prescritas 11 795 898 embalagens de antidepressivos, mais 822 381 do que em 2015. Os dados constam do relatório do Programa Nacional para a Saúde Mental (PNSM) 2017, apresentado ontem em Lisboa.

Os números da depressão em Portugal
A causa desta subida está diretamente ligada ao aumento do registo de utentes com perturbações depressivas, demência e ansiedade, que subiu 3,26% face ao ano anterior. É nas regiões Centro e Alentejo que se regista o maior número de utentes com perturbações mentais.

Álvaro de Carvalho, diretor do PNSM, destacou, durante a apresentação dos dados, a necessidade de evitar a prescrição de substâncias psicoativas em jovens menores.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

Exclusivos

Fogos ameaçam água da rede

Fogos ameaçam água da rede

Especialistas avisam que qualidade da água vai piorar devido aos incêndios e rede pública pode ser afetada.

pub