Problemas do sono induzem a diagnósticos incorrectos de hiperatividade

O director do serviço de Pediatra do Centro Hospitalar Leiria-Pombal alertou esta quarta-feira para a falta de informação sobre os problemas do sono, o que leva, por vezes, a diagnósticos incorrectos de hiperactividade e défice de atenção em crianças e adolescentes.
28.11.12
  • partilhe
  • 0
  • +
Problemas do sono induzem a diagnósticos incorrectos de hiperatividade
Bilhota Xavier Foto Sara Matos

Apesar de não existirem "números exactos" em Portugal, "de acordo com dados de outros países, mais de 25 por cento das crianças tiveram em alguma fase da sua vida problemas ou patologia do sono", adiantou Bilhota Xavier à Lusa.

"Existem vários problemas do sono, como crianças que têm grande agitação durante o sono", o que perturba a "boa higiene do sono". Bilhota Xavier aponta ainda as patologias que afectam as crianças como o ressonar e a apneia obstrutiva.

Ao contrário dos adultos, quando dormem mal, "as crianças ficam muito mais agitadas e mexidas" e "têm uma capacidade de atenção muito mais diminuída".

Estes comportamentos levam, por vezes, os médicos a diagnosticar défice de atenção e hiperactividade de forma errada em algumas crianças.

"Os próprios profissionais de saúde nem sempre estão devidamente informados e atentos a estas questões e acabam por prescrever injustificadamente estimulantes do sistema nervoso central", alertou.

"Estas são as principais razões para que haja em Portugal uma percentagem excessiva de crianças medicadas com sedativos, estimulantes do sistema nervoso central e medicamentos para as cólicas, quando estas crianças precisam é de ver tratado o problema do sono", acrescentou o pediatra.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
1 Comentário
  • De arminda28.11.12
    Hoje a falta de atenção,e carinho, causa nas crianças, muitas vezes revolta, e é uma das formas que elas têm de dizer estou aqui, sou importante! Outras vezes a falta de educação, também é confundida com hiperatividade!
    Responder
     
     0
    !