Sub-categorias

Notícia

Quase mil pessoas pediram ajuda pela primeira vez à AMI

Dados da organização apontam para um decréscimo de 9% nos apoios.
Por Lusa|15.10.16
Quase mil pessoas pediram ajuda pela primeira vez à AMI
Presidente da Fundação AMI Fernando Nobre Foto Miguel Baltazar/Jornal de Negócios

Quase mil pessoas pediram ajuda pela primeira vez este ano à AMI, segundo dados da organização, que apontam para um decréscimo de 9% nos apoios dados no primeiro semestre do ano face ao período homólogo do ano passado.

Em média, a Assistência Médica Internacional registou no primeiro semestre do ano 166 novos casos de pobreza por mês, referem os dados avançados à Lusa pelo presidente da Fundação AMI, Fernando Nobre, a propósito Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza, que se assinala na segunda-feira.

Neste período, a AMI atendeu nos seus equipamentos sociais espalhados por todo o país 7.453 pessoas, um decréscimo de 9% relativamente ao mesmo período de 2015.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub