Sub-categorias

Notícia

Sete horas à espera de raio-x

Greve dos técnicos de diagnóstico afetou exames no Curry Cabral.
Por Teresa Oliveira|01.12.16
Sete horas à espera de raio-x
Carlos Louseiro e Maria Santos Foto Pedro Catarino
Maria Santos, de 78 anos, diabética e com uma mão fraturada, esteve esta quarta-feira sete horas à espera para fazer um raio-x no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, por haver "só um radiologista". Também no Hospital de Santa Marta não se fizeram exames.

A greve dos técnicos de diagnóstico e terapêutica está a deixar os serviços caóticos e a revoltar os utentes. "Isto é desumano. Vim de Alcochete e tinha exame marcado para as 08h00, mas só às 15h00 é que o fiz", conta indignada, Maria Santos. Já Carlos Louseiro, de 47 anos, esperou "seis horas para fazer o raio-x a uma mão com dupla fratura".

Contactado pelo CM, o Curry Cabral informou que ontem estiveram de serviço no período da manhã "cinco técnicos" e três no período da tarde.


Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub