Sub-categorias

Notícia

Sindicatos médicos fazem aviso ao primeiro-ministro três semanas antes da greve

Protesto marcado para 10 e 11 de maio exige reposição do pagamento das horas extraordinárias.
Por Lusa|18.04.17
  • partilhe
  • 0
  • +
Sindicatos médicos fazem aviso ao primeiro-ministro três semanas antes da greve
Mário Jorge Santos, da FNAM, e Jorge Roque da Cunha, do Sindicato Independente dos Médicos Foto Vítor Chi
18/04/2017Lisboa, 18 abr (Lusa) -- Os sindicatos médicos escreveram esta terça-feira ao primeiro-ministro a alertar para a falta de cumprimento de promessas do Governo, considerando que se está a caminhar para um ponto de não retorno.

As duas estruturas sindicais que convocaram uma greve nacional para dias 10 e 11 de maio indicam que os sindicatos não podem ser acusados de não terem "tentado tudo para preservar o diálogo e a negociação, mantendo a paz social".

"Receamos, contudo, que se possa estar a caminhar para um ponto de não retorno", acrescenta a carta dirigida a António Costa e divulgada no site do Sindicato Independente dos Médicos (SIM).

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub