Sub-categorias

Notícia

Tetraplégico vai protestar deitado numa cama junto ao parlamento

Contesta apoio do Governo que só prevê apoio até oito horas por dia.
Por Lusa|20.05.17
Um tetraplégico diz que vai estar deitado junto do parlamento a partir de domingo em protesto contra o modelo de vida independente do Governo, esperando ser tratado pelo Presidente da República, pelo primeiro-ministro e pelo ministro da Solidariedade.

Eduardo Jorge, 55 anos, a trabalhar como assistente social no Centro de Dia de Carregueira, no distrito de Santarém, disse à Lusa que vai sair no domingo de manhã de sua casa, em Concavada, Abrantes, "de táxi adaptado", em direção à Assembleia da República, onde o espera o apoio de amigos e ativistas, e vai deitar-se numa cama articulada durante quatro dias.

"Vou estar em frente ao parlamento a reclamar por um modelo de Vida independente que respeite a minha dignidade e a de todas as pessoas que precisam de ajuda de terceiros durante o dia inteiro para realizar as tarefas diárias mais simples, como virar-se e levantar-se da cama, lavar-se, vestir-se, e comer, e porque o modelo piloto proposto pelo Governo só contempla um apoio até oito horas por dia", afirmou.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub