Sub-categorias

Notícia

Tomate previne cancro do estômago

Fruto é considerado um inibidor do crescimento das células cancerígenas.
Por João Monteiro de Matos|16.05.17

Um estudo feito por uma equipa de investigadores do Centro de Investigação Oncológica de Mercogliano, em Itália, e publicado na edição deste mês de maio no Journal of Cellullar Physiology certificou que os fragmentos que recolheram de uma serie tomates limitava o desenvolvimento das células que dão origem ao cancro no estômago.

Estas conclusões são inovadoras e vão de encontro aos estudos anteriores. Segundo o artigo científico, o efeito contra as células cancerígenas não se deve só ao licopeno, elemento do tomate responsável pela cor vermelha e antioxidante que, quando assimilado pelo corpo humano, previne e restaura os danos nas células mais fragilizadas.

Ao Medical News Today, Daniela Barone, autora principal do estudo sobre os benefícios do tomate na prevenção do cancro gástrico, afirma que os efeitos do tomate "parecem não estar relacionados com componentes específicos" do fruto, como é o caso do licopeno, mas sim, pelo conjunto de propriedades e elementos existentes neste produto alimentar.

Barone considera assim que todas as características do tomate devem ser consideradas no seu todo e não apenas numa ou noutra propriedade.

A equipa de investigação assume ainda que esta descoberta poderá vir a ajudar a prevenir o cancro do estômago, como pode também dar pistas para novos tratamentos mais inovadores e menos agressivos para o corpo humano.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Sociedade

pub