Sub-categorias

Notícia

Detetadas ondas gravitacionais pela terceira vez

Deformações no espaço-tempo teorizadas por Albert Einstein, foram detetadas com a colisão de dois buracos negros, mas a uma distância maior da Terra.
Por Lusa|01.06.17
  • partilhe
  • 0
  • +
As ondas gravitacionais, deformações no espaço-tempo teorizadas por Albert Einstein, foram detetadas pela terceira vez em resultado, novamente, da colisão de dois buracos negros, mas a uma distância maior da Terra.

Os resultados da nova deteção, feita em 04 de janeiro pelo Observatório de Interferometria Laser de Ondas Gravitacionais (Laser Interferometer Gravitational Wave Observatory, LIGO, na sigla em inglês), são descritos num artigo que foi aceite para publicação na revista da especialidade Physical Review Letters, refere em comunicado o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos.

Segundo os astrónomos, trata-se das ondas gravitacionais mais distantes alguma vez detetadas, uma vez que os buracos negros que colidiram estavam a três mil milhões de anos-luz (nas primeira e segunda deteções de ondas gravitacionais, os buracos negros que chocaram estavam, respetivamente, a 1,3 e 1,4 mil milhões de anos-luz).

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Tecnologia

pub