Novo iPhone vai custar mil euros e a culpa é da Samsung

Apple vai recorrer ao grande rival para o fornecimento de ecrãs OLED.
Por Miguel Dias e Daniela Vilar Santos|12.09.17
A Apple acaba de revelar ao mundo a nova geração do iPhone, dez anos depois de Steve Jobs nos ter apresentado o primeiro modelo. As diferenças são mais do que muitas, a começar no preço, que pela primeira vez vai chegar aos 1000 euros. É um número redondo e… exagerado, e a culpa é da grande rival da Apple, a Samsung!

Uma das grandes novidades do iPhone X é o ecrã, que deixou de ser LED para passar a ser OLED. E a única empresa capaz de produzir "displays" com esta tecnologia na escala que a marca de Cupertino precisa é a sul-coreana Samsung. E acredite, a Apple vai precisar de milhões de "displays" para dar resposta às exigências do mercado. E como se isso não bastasse, é a Samsung que detém a maioria das patentes relacionadas com a tecnologia OLED.

Porém, isto permite que a Samsung fique com todo o poder negocial em mãos, o que terá levado a que o preço dos ecrãs dos novos iPhones subissem para mais do dobro dos anteriores. De acordo com a publicação "Apple Insider", estima-se que a Apple vá pagar à Samsung entre 120 e 130 dólares por cada ecrã OLED do iPhone X, ao passo que os ecrãs LCD do iPhone 7 Plus saíam por "apenas" 45 ou 55 dólares.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!