Sub-categorias

Notícia

CM reforça liderança no online com novos recordes

Site atingiu os maiores valores de sempre de visitas e páginas visitas.
Por José Carlos Marques|09.06.17

O site do Correio da Manhã atingiu em maio o recorde absoluto de visitas. A versão digital do CM atingiu 27,1 milhões de visitas, aumentando a distância para o segundo jornal generalista mais lido online, o JN, que se ficou pelos 22,7 milhões de visitas, revelam os dados do Ranking netScope, da Marktest.

O CM consolidou o estatuto de segunda publicação mais lida no país, apenas atrás do desportivo A Bola, que contabilizou  32,7 milhões de visitas. O jornal Record é o terceiro mais lido online, com 24,9 milhões de visitas. Entre os diários generalistas contabilizados no ranking, o DN conta 14,6 milhões de visitas, e o Público 12,6 milhões .

Em relação às páginas vistas, o CM atingiu 148 milhões, o valor mais elevado de sempre. Nesta métrica, o JN contabiliza 121 milhões de 'pageviews', o DN 48 milhões e o Público 43 milhões.

Sábado tem subida recorde
Os dados do netScope revelam que a revista Sábado, da Cofina Media atingiu os 2,4 milhões de visitas e 11,4 milhões de pageviews, os melhores resultados obtidos online pela newsmagazine. Ainda no grupo Cofina Media, o Jornal de Negócios também subiu as visitas no período para 5,2 milhões, ao passo que a Flash! também reforçou as visitas, atingindo os 3,5 milhões.

Leitores preferem dispositivos móveis
Os dados de maio comprovam a tendência crescente do uso de plataformas móveis – telemóveis, tablets e outros aparelhos portáteis - para consultar sites informativos. No caso do CM, 72,6% dos acessos chegaram via mobile, em alternativa ao PC. Quem usa o computador para chegar à informação visita mais páginas, o que explica que haja 77,9 milhões de pageviews por esta via e 70,3 milhões através de dispositivos mobile.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Tv Media

pub