Sub-categorias

Notícia

DVD e videojogos rendem 52,2 milhões

Comércio de filmes voltou a registar um mínimo histórico no ano passado: 1,1 milhões de unidades vendidas.
Por Duarte Faria|12.02.18
  • partilhe
  • 0
  • +
As vendas de DVD em Portugal continuam a ser fortemente penalizadas pelo declínio do suporte físico, em detrimento das plataformas digitais. No ano passado, esta área de negócio voltou a registar mínimos de receitas, segundo dados disponibilizados ao CM pela GfK Portugal.

Em 2017, a venda de DVD e Blu-Ray gerou cerca de 9,7 milhões de euros em receitas, um recuo de 16% (1,8 milhões de euros) face ao ano anterior, quando este negócio gerou 11,5 milhões. A estes valores correspondem cerca de 1,1 milhões de unidades comercializadas, uma queda de 15% em comparação com 2016 (1,3 milhões de unidades vendidas). Ou seja, uma diferença de 200 mil unidades. De ressalvar que a análise feita pela GfK incide apenas sobre o mercado físico (com uma cobertura de 94% do mesmo).

Já o comércio de jogos de PC e consolas registou um significativo crescimento no ano passado. Foram geradas receitas na ordem dos 42,5 milhões de euros, em relação aos 38 milhões do ano anterior (mais 4,5 milhões de euros). O setor teve um aumento de valor de 12%. O número de exemplares vendidos sofreu também um incremento: um milhão de unidades vendidas, o que compara com as 960 mil de 2016 (mais 3%). Mais uma vez, a análise incide apenas sobre as vendas físicas (cobertura de 91%).

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!