Europa quer lei contra terrorismo na Internet

União Europeia promete mão pesada contra as empresas tecnológicas que mantiverem conteúdos extremistas.
Por Ana Maria Ribeiro|21.08.18
  • partilhe
  • 0
  • +
A União Europeia (UE) quer obrigar as empresas tecnológicas, incluindo Facebook, YouTube e Twitter, a identificar – e apagar – conteúdos que contenham propaganda terrorista.

Vídeos com imagens de atentados, posts com comentários aos mesmos e mensagens de áudio a incitar à violência deverão ser retirados, sob pena de aplicação de multa.

Isto depois de ter falhado a abordagem diplomática: a UE começou por pedir às empresas que, voluntariamente, apagassem esses conteúdos. Em vão.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!