Sub-categorias

Notícia

Grupos de media em guerra com Facebook

Rede social está a ser criticada por juntar notícias e propaganda política na mesma categoria.
Por Sónia Dias|14.06.18
Há cerca de um mês, no rescaldo do escândalo da partilha de dados de 87 milhões de utilizadores pela Cambridge Analytica, Mark Zuckerberg anunciou que iria trabalhar com os grupos de comunicação social para criar uma política que distinguisse o jornalismo da propaganda política no Facebook.

Agora, o fundador da rede social está novamente debaixo de fogo por juntar na mesma categoria todo o conteúdo político, seja ele notícias ou publicidade.

Esta semana, a Digital Content Next, American Society of News Editors, European Publishers Council, The Association od Magazine Media, News Media Alliance, Society of Professional Journalists e The World Association of Newspapers ans News Publishers, que representam grupos de media em mais de 120 países, como o The New York Times, a Bloomber, a BBC e a FOX, enviaram uma carta a Zuckerberg em que criticam esta medida e exigem uma mudança.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!