Sub-categorias

Notícia

RTP: Entrevista a Passos Coelho custa milhares

A comissão de trabalhadores da RTP acusou o primeiro-ministro de obrigar o erário público ao gasto "injustificável" de milhares de euros para que a entrevista desta noite se realize em São Bento e não nas instalações da televisão.
13.09.12
RTP: Entrevista a Passos Coelho custa milhares
Pedro Passos Coelho impôs que entrevista fosse realizada em São Bento Foto João Miguel Rodrigues

Em comunicado emitido na quarta-feira à noite, a comissão de trabalhadores (CT) da RTP acusa o primeiro-ministro de obrigar à deslocação de vários profissionais do canal público à residência oficial em São Bento para a realização da entrevista agendada para esta quinta-feira, apenas para não enfrentar nas instalações da RTP "cara-a-cara os trabalhadores de uma empresa que o Governo está em vias de destruir".

 

"Não entendemos que, só para se poupar a esse confronto, tenha imposto a realização da entrevista em S. Bento, com um custo adicional de milhares de euros para o erário público, injustificável em tempo de cortes na despesa", refere a Comissão de Trabalhadores.

 

A CT da RTP afirmou, em comunicado, que "a tarefa especialmente ingrata" dos trabalhadores que estarão ao serviço da realização da entrevista vão cumprir as suas funções "com o profissionalismo de sempre", mas "sob protesto" de todos os trabalhadores da RTP.

 

Os trabalhadores da estação de serviço público de rádio e televisão acusam ainda o Governo de insistir no "desmembramento da RTP", com base numa "ideia fixa", sem nunca a ter explicado ou dado mostras de ter "estudado o assunto com seriedade".

 

A CT refere ainda que o Governo, através de declarações de vários ministros, tem demonstrando "ignorância" sobre o que é o serviço público de rádio e televisão.

"Um deles já o definiu até como o somatório de "missa e tempos de antena". Nós, profissionais da RTP, sabemos que serviço público não é isso. E não é certamente o tempo de antena de um primeiro-ministro desgastado, que, lá por ter pressa em privatizar a RTP às fatias, não deixa de querer utilizá-la até ao último sopro", concluiu o comunicado.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
21 Comentários
  • De Tomas Silveira14.09.12
    Deve ser uma novidade os primeiros ministros darem entrevistas no palácio.A comissão perdeu uma boa ocasião para estar calada.Gastos superfluos é que se faz todos os dias nessa empresa.
    Responder
     
     0
    !
  • De carla14.09.12
    Na RTP lideram um bando de incompetentes que escondem a cara e quando vêm o seu reino ameaçado reclamam.As prateleiras da RTP estão cheias de funcionários indesejados que querem trabalhar.As estrelas ganham demais.
    Responder
     
     2
    !
  • De Ana Gonçalves13.09.12
    Sr PM Passos devia era ter vergonha de estar a tirar aos outros e a nao fazer em casa! Que granda lata Sr PM Passos, posso imaginar outros ex e o Povo qtrab e q PAGA a FACTURA!!!
    Responder
     
     3
    !
  • De Jony13.09.12
    Se de facto for verdade esta noticia então Sr.Primeiro Ministro só tem uma coisa a fazer é demitir-se.Quer dizer austeridade para o "zé" e para ele tudo de grande.
    Responder
     
     4
    !
  • De luisa13.09.12
    Em vez de o calarem para sempre vão gastar dinheiro para o ouvir
    Responder
     
     1
    !

Mais notícias

Mais notícias de Tv Media

pub