Sub-categorias

Notícia

RTP pagou 580 mil euros para separar canais

TV pública obrigada a adquirir “solução de continuidade” para diferenciar emissões da RTP 3 e da RTP Memória no cabo e na TDT.
Por Duarte Faria|15.02.18
A decisão de disponibilizar a RTP 3 e a RTP Memória na oferta de canais da Televisão Digital Terrestre (TDT) teve custos elevados para a empresa pública.

De acordo com a versão atualizada do Plano de Atividades, Investimento e Orçamento (PAIO) da RTP para este ano, a que o CM teve acesso, o grupo de rádio e televisão pagou 580 mil euros para separar a emissão dos dois canais na TDT face à que é disponibilizada nas operadoras por subscrição.

É que, segundo a lei, a RTP 3 e a RTP Memória em sinal aberto não podem ter publicidade, ao contrário do que acontece nas emissões destes canais no cabo. Esta situação obrigou a empresa pública a adquirir uma "nova solução de continuidade de emissão para satisfazer a legislação".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!